Líder do Hamas pede destruição das forças dos EUA

O líder espiritual do violento grupo islâmico Hamas disse hoje a manifestantes que carregavam cartazes de Saddam Hussein que as forças norte-americanas que invadirão o Iraque precisam ser destruídas. O xeque Ahmed Yassin, que é doente e se desloca em cadeira de rodas, disse que a guerra no Iraque é uma guerra contra todos os muçulmanos. "A América precisa ser enterrada no Iraque de forma que eles (os norte-americanos) possam aprender uma lição - de nunca atacar os países árabes", declarou Yassin.Cerca de 1,5 mil palestinos, muitos deles simpatizantes do Hamas, compareceram à manifestação a favor do Iraque, após as orações muçulmanas da sexta-feira.Os manifestantes atearam fogo a bandeiras israelenses e norte-americanas. Um homem gritou em um alto-falante: "Oh, iraquianos, sejam pacientes. A libertação está ao lado de vocês. Oh, povo do Iraque, o Hamas está chegando para salvar vocês."Enquanto isso, o chefe das Forças Armadas de Israel, tenente-general Moshe Yaalon, disse ao jornal Yediot Ahronot esperar que as forças norte-americanas ataquem o Iraque até o mês que vem, a fim de desarmar Saddam Hussein.Uma guerra bem sucedida, argumentou ele, também pode ajudar a acabar com mais de dois anos de confrontos ente israelenses e palestinos, e reforçar os pragmáticos no Oriente Médio.Os israelenses vêm se preparando há meses para a possibilidade de que o Iraque venha a atacar cidades israelenses com mísseis Scud, tal como fez na Guerra do Golfo, em 1991.A probabilidade de que um míssil iraquiano atinja Israel é pequena, disse Yaalon. O Iraque está concentrando suas forças em torno de Bagdá e não ao longo da fronteira ocidental do país, de onde os mísseis podem alcançar Israel, afirmou o chefe do Exército.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.