Líder do MST continua no QG de Arafat

O líder do MST Mário Lill permanece no QG da Autoridade Palestina, em Ramallah, e promete ficar lá até terminar o cerco israelense a Yasser Arafat. Segundo a recepção do hotel em que o brasileiro estava hospedado, na Cisjordânia, ele dormiu na noite passada no escritório de Arafat. Hoje de manhã, ele concedeu entrevistas a rádios brasileiras. Apenas o grupo de franceses que acompanhavam o ativista José Bové, segundo líderes do MST, foram presos e deportados por Israel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.