Líder do SPD espera aprovação de coalizão alemã

O líder do Partido Social-Democrata da Alemanha (SPD), Sigmar Gabriel, disse nesta quarta-feira que está confiante que os membros de seu partido aprovarão o acordo com os grupos conservadores da chanceler Angela Merkel sobre um governo de coalizão.

Agência Estado

27 de novembro de 2013 | 12h13

"Tenho firme convicção de que os membros do SPD aprovarão o acordo de coalizão", disse Gabriel em coletiva de imprensa conjunta com Merkel e com Horst Seehofer, o líder da União Social Cristã (CSU). O Partido Social-Democrata de Gabriel deve conduzir um referendo com os membros do grupo, deixando a decisão final sobre o futuro do governo alemão aos 470 mil integrantes.

"Nós respeitamos a decisão do Partido Social-Democrata", afirmou Merkel.

Na madrugada desta quarta-feira, os maiores partidos da Alemanha firmaram um acordo para formar um governo de coalizão liderado por Merkel, que deverá abrir mão de impostos mais altos e novas dívidas. A chanceler também deverá aumentar os gastos com pensões, educação e infraestrutura.

Uma série de demandas do SPD foram atendidas, como a introdução de um salário mínimo nacional, o endurecimento das regras do mercado de trabalho e mudanças de regras de dupla nacionalidade para filhos de origem alemã de imigrantes.

Os resultados do referendo do SPD devem ser divulgados por volta de 14 de dezembro. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
Alemanhagovernocoalizão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.