Líder do Taleban procura refúgio antes de possível retaliação

O líder do Taleban, Mullah Mohammed Omar, foi removido para um novo esconderijo diante da possibilidade de uma retaliação dos EUA ao ataque terrorista sofrido na terça-feira, informaram fontes militares do Paquistão. Omar, que, segundo informações, vive em local secreto em Kandahar, cidade ao sul do Afeganistão onde o Taleban mantém sua sede, mudou de localização após visita de uma delegação militar do Paquistão. A milícia reforçou a segurança em volta das principais instalação em Kandahar e na capital Kabul, em antecipação a eventual ataque, disseram as fontes paquistanesas. Acredita-se que o Paquistão, que tem sido a principal força por trás do Taleban, tenha o melhor serviço de inteligência na região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.