Líder dos atentados de 11/3 morreu na explosão de ontem

O suposto líder dos atentados de 11 de março em Madri, o tunísio Sarhane Ben Abdelmajid, está entre os mortos que se explodiram ontem no apartamento em que moravam quando ele foi cercado por policiais espanhóis, disseram fontes no governo da Espanha.A explosão de ontem à noite matou um agente espanhol e feriu outros 15. De acordo com o Ministro do Interior Angel Acebes, foi encontrado um cinturão de explosivos no corpo de um dos mortos, e dois ou três suspeitos podem ter conseguido escapar antes da explosão.Em uma coletiva de imprensa, Acebes garantiu que "a célula principal do grupo que perpetrou os ataques do mês passado está presa ou morreu na explosão de ontem, inclusive o chefe da unidade de comandos operacionais".O marroquino Abdennabi Kounjaa foi identificado entre os quatro suicidas mortos. Um terceiro homem, Asri Rifaat Anouar, não estava na lista de suspeitos do governo espanhol. O quarto suicida ainda não foi identificado, disse Acebes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.