Líder golpista vai à TV desmentir revés

O líder de um golpe militar no Mali foi ontem à TV estatal dispersar rumores de que ele havia sido morto e desmentir que o presidente deposto, Amadou Touré, ainda conte com a lealdade de parte das Forças Armadas. O capitão Amadou Sanogo também disse que a onda de saques após o golpe não envolveu militares, mas "pessoas se fazendo passar por soldados", a fim de jogar a população contra o movimento.

O Estado de S.Paulo

25 Março 2012 | 03h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.