Líder guerrilheiro separatista é asssassinado na Caxemira

O líder guerrilheiro islâmico, Abdul Majid Dar, foi assassinado neste domingo por homens ainda não identificados. Ele era ex-comandante do maior grupo rebelde da Caxemira, Jezb-ul Muyahedín, do qual tinha sido expulso. A mãe e a irmã de Dar ficaram feridas durante o tiroteio ocorrido na cidade de Sopore. Os homens atacaram de dentro de um carro e fugiram, segundo informaram as autoridades policiais do local.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.