Líder interino assume Taleban no Paquistão

O vice-líder do Taleban no Afeganistão, Maulvi Faqir Mohammad, anunciou, hoje, que assumirá temporariamente a liderança do grupo no Paquistão. Segundo ele, o atual líder paquistanês, Baitullah Mehsud, não está bem de saúde. No entanto, essa versão é contestada pelos governos de Estados Unidos e Paquistão, que afirmam que Mehsud está morto desde o dia 5, vítima de uma ataque de mísseis norte-americanos. Um porta-voz do Taleban capturado recentemente também admitiu que Mehsud está morto, embora outros comandantes insistam que ele sobreviveu ao ataque. Nesse contexto, o anúncio do vice-líder tem sido considerado um sinal de discordância do grupo e de disputas pelo poder.

AE-AP, Agencia Estado

19 de agosto de 2009 | 16h39

Segundo Mohammad, Mehsud está vivo, mas muito doente para liderar o Taleban no Paquistão. O vice-líder fez o anúncio em entrevista por telefone, de um local não identificado. Mohammad ressaltou que a posse era temporária e que a decisão final sobre a substituição de Mehsud cabe ao conselho do Taleban, de 42 membros, conhecido como Shura. Entre os favoritos estão os comandantes Hakimullah Mehsud e Waliur Rehman, descritos pelo líder interino como "líderes capazes e enérgicos".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.