Líder iraniano nega acusações sobre armas nucleares

O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, disse hoje que as autoridades norte-americanas sabem que estão acusando injustamente o país de tentar desenvolver armas nucleares.Na primeira reação oficial do Irã à recente decisão norte-americana de reformular o escudo antimísseis planejado pela administração George W. Bush para o Leste Europeu, Khamenei disse que o presidente Barack Obama está seguindo as mesmas políticas de seu predecessor.

AE-AP, Agencia Estado

20 de setembro de 2009 | 20h14

"As autoridades dos Estados Unidos que falam sobre mísseis iranianos e seu perigo, enquanto dizem que o Irã pretende construir uma bomba atômica, sabem que estão erradas", Khamenei disse em pronunciamento transmitido pela rádio estatal. Os Estados Unidos e outras cinco potências mundiais aceitaram uma oferta do Irã no começo do mês para a realização conversas abrangentes e construtivas em torno de uma série de questões de segurança, incluindo o desarmamento nuclear global.

O chefe de política externa da União Européia, Javier Solana, irá se encontrar com o negociador iraniano para questões nucleares, Saeed Jalili, no dia 1º de outubro, para discutir o programa nuclear do país.

Tudo o que sabemos sobre:
IrãEstados Unidosarmas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.