Iranian Presidency Office via AP
Iranian Presidency Office via AP

Líder iraniano 'pilota' caça 100% nacional após retomada de sanções pelos EUA

Presidente Hassan Rohani exibe primeiro avião de combate fabricado totalmente no país e diz que Irã ampliou suas capacidades bélicas, mas 'busca a paz e não a guerra'; para ministro de Defesa, aeronave ajudará país a se defender das ameaças de Israel e EUA

O Estado de S.Paulo

21 Agosto 2018 | 10h21

TEERÃ - O Irã apresentou nesta terça-feira, 21, o avião de combate Kowsar durante um desfile militar em Teerã. A televisão estatal mostrou o presidente Hassan Rohani na cabine da aeronave durante o dia nacional da indústria de defesa.

O caça, produzido 100% no país e equipado com radares polivalentes, foi aprovado nos voos de teste e, a princípio, fará um voo público na quarta-feira, informou a agência Tasnim.

"Quando falo de nossa capacidade de defesa, isto significa que buscamos uma paz duradoura", afirmou Rohani em um discurso exibido na TV pública.

"Alguns pensam que quando se aumenta a força militar, você está buscando a guerra. Mas nós buscamos a paz e não queremos a guerra", completou o presidente iraniano.

"Se não tivermos meios de dissuasão, isto dará luz verde aos outros para que entrem no país", afirmou Rohani.

No sábado, o ministro iraniano de Defesa, Amir Hatami, anunciou a apresentação do novo avião com o argumento de que o Irã buscava melhorar sua capacidade balística para "responder às ameaças" de Israel e dos Estados Unidos.

"Nossos recursos são limitados, mas adaptamos nossos mísseis em função das ameaças e ações de nossos inimigos, como meio de dissuasão ou de resposta devastadora", disse o ministro iraniano da Defesa. / AFP

Mais conteúdo sobre:
Hassan RohaniIrã [Ásia]avião

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.