Líder islâmico é ameaçado de morte nos EUA

Dois homens apontaram uma espingarda de caça e uma pistola contra o imã Ibrahim Dremali, líder de um centro islâmico de Boca Raton, na Flórida, e ameaçaram matá-lo. As ameaças aconteceram dias depois de um artigo anti-semita ter aparecido no site do centro islâmico. O artigo, que abordava as relações entre judeus e muçulmanos, foi retirado do site do Centro Islâmico de Boca Raton no último dia 18. O imã Dremali, cidadão norte-americano naturalizado, natural do Egito, denunciou o artigo, dizendo que hackers colocaram a mensagem no site, sem o conhecimento ou permissão do centro.O porta-voz da entidade, Hassan Shareef, afirmou que, desde os atentados do dia 11, o centro recebeu dezenas de telefonemas e e-mails ameaçadores. "Até a noite passada, os ataques não eram realmente pessoais", disse o porta-voz. "Mas este é particularmente incômodo, porque foi perpretado contra um líder religioso."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.