Líder judeu é acusado de preparar atentado nos EUA

O presidente da Liga de Defesa Judaica dos EUA, Irv Rubin, 56, e outro integrante da organização foram presos e acusados de prepararem um atentado a bomba. A informação é da porta-voz do Centro Metropolitano de Detenção de Los Angeles, Donna Davis. De acordo com o porta-voz do escritório da Promotoria Pública Federal em Los Angeles, Thom Mrozek, Rubin e Earl Kruger, de 59 anos, foram presos por agentes federais norte-americanos ontem à noite. Ele não deu detalhes sobre o suposto plano de atentado a bomba, limitando-se a dizer que ele "não foi levado a cabo". As informações são da Associated Press, citada pela Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.