Líder militante palestino morre em explosão

O líder militante palestino Raed Carmi morreu vítima da explosão de seu carro, informaram oficiais de segurança palestinos. Carmi era líder do movimento Fatah - o mesmo do presidente da Autoridade Palestina Yasser Arafat - na cidade Tulkarem, na Cisjordânia. Carmi tinha admitido o assassinato de dois israelenses proprietários de restaurantes em Tulkarem no ano passado, como vingança pela morte de um líder do Fatah por forças israelenses.

Agencia Estado,

14 Janeiro 2002 | 08h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.