Líder militar da Al-Qaeda no Iraque é preso, diz governo

O Exército do Iraque deteve o suposto líder militar do braço da Al-Qaeda no país, Mikhlif Mohammed Hussein al-Azzawi, durante um ataque realizado na madrugada de hoje (no horário local), informou o Ministério da Defesa.

AE, Agência Estado

18 de maio de 2011 | 12h38

O insurgente, também conhecido como Abu Radhwan, foi detido com outros três supostos líderes do Estado Islâmico do Iraque, afirmou o porta-voz major-general Mohammed al-Askari à agência France Presse. "Estes são quatro líderes importantes da Al-Qaeda no Iraque e eles são quatro dos mais perigosos e mais procurados integrantes da Al-Qaeda". Segundo ele, a operação para deter o grupo foi realizada pelo Exército a oeste de Samarra, 110 quilômetros ao norte de Bagdá.

Os outros detidos são Mohammed Saad Muzzaham al-Daraji, chefe da unidade de assassinatos; e Fawzi Abbas Ali al-Badri, também conhecido como Abdulrahman. Os soldados também detiveram Qassim Mohammed Taha, procurado por sua ligação com um ataque em 29 de março na cidade de Tikrit, ao norte de Bagdá, no qual 58 pessoas foram mortas e 97 ficaram feridas. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Al-QaedalíderprisãoIraque

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.