Líder morto agora é 'secretário eterno'

Kim Jong-un deu mais um passo para consolidar seu poder e foi eleito secretário-geral do Partido dos Trabalhadores - criado por seu avô Kim Il-sung nos anos 20. O partido também decidiu que o título do pai dele, Kim Jong-il, morto em dezembro, passa a ser o de "secretário-geral eterno". Amanhã, Kim Jong-un será nomeado comandante da Comissão Nacional de Defesa. / C.T. e L.P.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.