Líder opositor de Hugo Chávez pede asilo no Peru

O prefeito de Maracaibo, Manuel Rosales, um dos principais líderes opositores do presidente venezuelano Hugo Chávez, apresentou hoje um pedido de asilo político ao governo do Peru. Maracaibo fica no Estado de Zulia, é a segunda maior cidade da Venezuela e o seu mais importante centro petrolífero.

AE-AP, Agencia Estado

21 de abril de 2009 | 17h22

Rosales, que está na clandestinidade desde o final de março, enfrenta em seu país um processo por enriquecimento ilícito quando era governador do Estado de Zulia, entre os anos 2000 e 2004. Seus partidários afirmam que ele é vítima de perseguição política.

O advogado que redigiu o pedido de asilo do venezuelano, Javier Valle-Riestra, contou que foi procurado há cerca de 10 dias por cidadãos venezuelanos que lhe pediram para estudar o caso. "Como resultado, apresentei o pedido de extradição. Está dirigido ao ministros das Relações Exteriores, José García Belaúnde", informou Valle-Riestra. García Belaúnde havia informado que Rosales ingressou em Lima na qualidade de turista em data não informada, e que ainda não havia apresentado um pedido de asilo. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
PeruVenezuelaHugo Chávez

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.