EFE/EPA/DMITRY SEREBRYAKOV
EFE/EPA/DMITRY SEREBRYAKOV

Líder opositor russo Alexei Navalni é libertado

Navalvi foi detido após acusação de organizar uma manifestação não autorizada em Moscou e de resistir à polícia

O Estado de S.Paulo

06 Maio 2018 | 00h13

MOSCOU - O líder opositor russo Alexei Navalni foi libertado na manhã deste domingo, 6 (noite deste sábado, 5, no horário de Brasília), após ter sido acusado de organizar uma manifestação não autorizada em Moscou e de resistir à polícia.

Navalni informou na sua conta do Twitter que foi solto antes do julgamento e que deixou o departamento de Polícia da capital russa depois da meia-noite.

O dirigente de oposição foi detido no sábado no centro de Moscou quando chegou ao protesto sob o lema "Não é o nosso czar", que ele mesmo tinha convocado às vésperas da posse do presidente russo, Vladimir Putin.

+Putin vence eleição presidencial com facilidade e comandará Rússia até 2024

A Polícia, que tinha advertido contra a participação na manifestação não autorizada pela Câmara Municipal de Moscou, usou a força durante a detenção de Navalni e de vários manifestantes que o acompanhavam, segundo o jornal opositor "Novaya Gazeta".

Milhares de pessoas atenderam a convocação de Navalni no centro de Moscou e São Petersburgo, as duas cidades mais importantes do país, apesar das advertências das autoridades municipais.

Mais de 1.200 pessoas foram detidas, da mesma forma que Navalni, nos protestos realizados em 20 cidades. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.