Líder ordena fim de divisão em universidades

O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, ordenou ontem o fim da separação entre mulheres e homens que certas universidades começavam a estabelecer, informou a agência Irna. Nos últimos meses, a corrente religiosa ultraconservadora que domina o regime iniciou uma campanha em favor do fim do caráter misto das turmas nas universidades, provocando grande debate na imprensa e na classe política. Há uma década o ensino superior do Irã tem mais mulheres que homens entre os 3,5 milhões de estudantes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.