Líder palestino crítico de Arafat é ferido a bala

Um legislador palestino, conhecido por suas críticas contra Yasser Arafat, foi ferido a bala por desconhecidos na cidade de Ramallah, na Cisjordânia, na noite desta terça-feira. Nabil Amr, um ex-ministro do gabinete palestino, foi ferido na perna quando se dirigia para casa, disseram fontes palestinas. Segundo os médicos, o ferimento não é grave. Amr foi internado para tratamento no hospital de A-Ram, entre Ramallah e Jerusalém. Desde a última sexta-feira, as indicações feitas por Arafat para cargos nos serviços de segurança têm provocado grande tensão e levaram o primeiro-ministro Ahmed Korei a anunciar que iria renunciar ao cargo. Sobre o ataque de hoje contra Amr, os palestinos especulam que os atiradores quiseram enviar uma mensagem para que pare com as críticas a Arafat. Mas não existe nenhuma evidência que apóie essa teoria. Amr tem criticado com freqüência a corrupção e a ineficiência da administração Arafat. Ele serviu durante o breve governo do ex-primeiro-ministro Mahmoud Abbas.

Agencia Estado,

20 de julho de 2004 | 19h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.