Líder paquistanês conclama à guerra santa contra os EUA

O líder fundamentalista paquistanês Maulana Fazlur Rehman conclamou nesta quinta-feira a uma jihad (guerra santa) contra os Estados Unidos para se opor à guerra contra a humanidade que - denunciou ele - os Estados Unidos lançaram contra o Iraque.Maulana Fazlur Rehman, dirigente máximo da aliança de movimentos fundamentalistas paquistaneses, especificou, entretanto, o objetivo dessa guerra santa: "Deve apontar contra os Estados Unidos e não contra todo o mundo ocidental".Em declarações à mídia local, Fazlur Rehman exortou a comunidade internacional a "deter a agressão" de que está sendo vítima "toda ahumanidade".Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.