Líder pró-governo da Tailândia alerta para guerra civil

O chefe do Camisas Vermelhas, Jatuporn Prompan, movimento pró-governo da Tailândia, alertou que qualquer tentativa da Corte Suprema e do Senado de estabelecer um governo interino popular seria ilegal e poderia motivar uma guerra civil. Os comentários foram publicados pelo jornal local Bangkok Post.

AE, Agência Estado

11 Maio 2014 | 22h41

O Comitê Popular de Reforma Democrática (PDRC, na sigla em inglês) tem pedido às autoridades para estabelecerem um governo interino popular após a primeira-ministra Yingluck Shinawatra ser removida do cargo na semana passada. O líder do grupo, Suthep Thaugsuban, exigiu uma resposta até segunda-feira e ameaçou resolver a questão por conta própria, segundo a reportagem. Fonte: Market News International.

Mais conteúdo sobre:
Tailândia governo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.