Líder quer Mercosul no diálogo com Farc

O presidente uruguaio, José Mujica, afirmou ontem que o Mercosul deve se envolver nas negociações de paz entre as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e o governo de Bogotá - que atualmente ocorrem em Cuba - e apoiar a busca por um acordo para pôr fim ao conflito mais antigo da América Latina.

O Estado de S.Paulo

07 de agosto de 2013 | 02h14

"Não se pode ser neutro. É uma causa comum (do continente). Minha ideia é que o Mercosul inteiro apoie", disse o líder em Montevidéu, confirmando que se encontrou com os negociadores quando esteve em Havana no fim de julho. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.