Líder rebelde líbio diz que há resistência em Bin Jawad

Rebeldes líbios avançando em direção a Sirta, cidade onde nasceu Muamar Kadafi, estavam bloqueados nesta quarta-feira na cidade de Bin Jawad, segundo um comandante insurgente. Partidários do regime ofereciam uma dura resistência ao avanço rival.

AE, Agência Estado

24 de agosto de 2011 | 12h05

Após tomar Ras Lanuf, 150 quilômetros a oeste de Sirta, os rebeldes avançaram até Bin Jawad, porém estão parados ali em meio a uma forte artilharia, disse o comandante rebelde Fawzi Bukatif, que falou à France Presse.

"As forças de Kadafi ainda estão lutando, nós estamos surpresos. Pensávamos que eles iriam se render com a queda de Trípoli", afirmou Bukatif na cidade costeira próxima de Zuwaytina, onde há um porto para exportação de petróleo. "Eles construíram linhas de defesa no ''Vale Vermelho'' antes de Sirta. Estamos começando negociações, mas elas estão bloqueadas", disse a liderança, sem se explicar.

"Parece que eles não irão se render, mas queremos salvar a cidade e mantê-la o melhor possível. Estamos tentando obter livre acesso a Sirta para estabelecer um comitê de segurança, para que nossas forças possam garantir que tudo está em ordem. É uma questão de tempo", afirmou.

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
LÍBIACONFRONTOSBIN JAWAD

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.