Líder rebelde será novo premier da Costa do Marfim

O principal líder rebelde da Costa do Marfim será o novo primeiro-ministro do país, como parte de um acordo de paz, anunciaram rebeldes e mediadores nesta terça-feira, 27.Alain Lobognon, porta-voz do grupo rebelde Novas Forças, disse que o líder da facção, Guillaume Soro, aceitou o posto de primeiro-ministro a ele oferecido no novo governo que vem sendo organizado pelo presidente Laurent Gbagbo para pôr fim a anos de distúrbios.Soro participou das negociações por telefone. Ele estava em Burkina Faso. Negociadores confirmaram o pacto."As partes assinaram o documento ontem e agora falta apenas Gbagbo assinar o decreto indicando Guillaume Soro ao cargo de primeiro-ministro", disse Djibril Bassolet, ministro de segurança de Burkina Faso e um dos mediadores.Desere Tagro, porta-voz de Gbagbo, recusou-se a comentar o assunto sob a alegação de que ainda não houve uma decisão formal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.