Líder sunita iraquiano escapa ileso de atentado

O líder do principal partido sunita no Parlamento iraquiano escapou ileso de um atentado com carro-bomba aparentemente perpetrado contra sua comitiva dentro da Zona Verde, uma região fortificada de Bagdá. A explosão ocorreu na tarde desta quarta-feira atrás de um carro blindado que fazia parte do comboio que transportava Mahmoud al-Mashhadani, o controvertido líder do bloco sunita no Parlamento. O partido de Mashhadani condenou o ataque. Até o momento, nenhum grupo ou indivíduo assumiu a autoria. O ataque ocorreu no momento em que a comitiva do deputado ingressava em um centro de convenções na Zona Verde. No local, Mashhadani participaria de um evento ao lado de outros parlamentares, disse um assessor. Um agente de segurança americano sofreu ferimentos superficiais. Ele encontrou outros explosivos não detonados plantados sob o carro-bomba. Aparentemente, a explosão foi apenas parcial. Soldados americanos foram chamados ao local e, com a ajuda de cães farejadores, encontraram explosivos também em um carro da comitiva do parlamentar, disse o tenente coronel Christopher Garver, um porta-voz do Exército dos Estados Unidos. Especialistas detonaram os explosivos em segurança.

Agencia Estado,

22 Novembro 2006 | 13h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.