Líder taleban se mata para evitar captura

Um líder taleban paquistanês suicidou-se ontem - detonando uma granada - para evitar ser capturado pelas forças de segurança paquistanesas na Província do Baluchistão, perto da fronteira com o Afeganistão. Abdullah Mehsud, que tinha 31 anos, passou dois anos na base americana de Guantánamo e foi solto em 2004.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.