Líder xiita iraquiano defende o Hamas

Um radical clérigo xiita expressou solidariedade para o grupo militante palestino Hamas e disse que ele pode ser considerado o "braço armado" do grupo no Iraque. "Eu tenho dito e repito minha solidariedade com o pedido de Hassan Nasrallah para ficarmos ao lado do Hamas", afirmou o clérigo Muqtada al-Sadr, numa referência ao líder do grupo xiita libanês Hezbollah.No mês passado, Nasrallah anunciou que seu partido iria agir em conjunto com o Hamas. "Que o Hamas me considere seu braço armado no Iraque, porque o destino do Iraque e o da Palestina é o mesmo", disse al-Sadr durante o sermão das orações de sexta-feira em Kufa, sua base ao sul de Bagdá. Israel assassinou no mês passado o líder espiritual do Hamas, xeque Ahmed Yassin."Prometemos aos palestinos e a todos os oprimidos que vamos lutar e derrotar os opressores. Que todos saibam que aqueles que atacam um de nossos símbolos, como o xeque Ahmed Yassin, podem atacar os seguidores da fé xiita", acrescentou al-Sadr. O Hamas segue a linha muçulmana sunita.Al-Sadr, que vive na cidade sulista de Najaf, tem sido um duro crítico da ocupação liderada pelos EUA do Iraque, mas não tem defendido o uso da violência. No mês passado, a administração da ocupação fechou um semanário considerado seu porta-voz, alegando que ele incita a violência contra as forças da coalizão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.