Líder xiita libanês diz que Hezbollah é exército do Islã

Os militantes do Hezbollah são "soldados da nação árabe e islâmica" que conquistarão a vitória sobre os EUA e Israel, declarou o principal líder religioso xiita do Líbano, em declarações divulgadas nesta quinta-feira. "Vocês (guerrilheiros) estão a caminho... de conquistar uma nova vitória para a nação e derrotar o orgulho político americano e sionista, e todos os inimigos da liberdade na região e no mundo", afirmou o grão-aiatolá Mohammed Hussein Fadlallah, em vídeo que foi ao ar pela TV Al-Manar, do Hezbollah."Vocês são os soldados na nação árabe e islâmica e sua luta trará vitória para os árabes, muçulmanos e oprimidos", disse ele. Fadlallah, cuja casa no sul de Beirute foi arrasada por ataques aéreos israelenses no mês passado, pediu que a guerrilha prossiga na "nova batalha de Khaibar". Khaibar é o nome de um oásis que Maomé conquistou, em batalha, de uma comunidade de judeus em 629.Dirigindo-se ao povo libanês, Fadlallah disse: "Vocês são o povo da resistência. Vocês são o povo que produziu, nutriu e apoiou os guerreiros da resistência. Eles são seus filhos, pais e irmãos". Acredita-se que Fadlallah foi o líder espiritual do Hezbollah nos anos 80, e que ainda exerce influência sobre a organização.Não está claro de onde Fadlallah fez o pronunciamento, nem quando o discurso foi gravado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.