Líder zapatista estaria com câncer, diz livro

O subcomandante Marcos, líder da guerrilha zapatista no México, sofre de câncer de pulmão e pediu ajuda às autoridades para se tratar, revelou um trecho do livro do ex-comissário do governo mexicano para o diálogo com esse grupo, Luis Álvarez, publicado ontem pelo jornal Milenio. Segundo o diário, no livro Álvarez relata que, em 2010, um representante do governo do Estado de Chiapas (sudeste) na comissão oficial que dialogou com os zapatistas, Jaime Martínez, informou que Marcos estava muito doente e precisava de ajuda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.