Liderança sindical retira apoio a Howard Dean

Um dos maiores sindicatos dos Estados Unidos anunciou que retira seu apoio ao pré-candidato democrata à presidência dos EUA, Howard Dean, em um novo golpe na campanha do ex-favorito à vaga de principal candidato de oposição ao presidente George W. Bush. A Federação Americana de Funcionários Estaduais, Distritais e Municipais disse que ?encerrou suas atividades em benefício da campanha Dean e volta seus recursos para a eleição geral?. O sindicato, de 1,5 milhão de filiados, havia endossado a pretensão de Dean à Casa Branca no ano passado.?Concordamos que o mais importante para as famílias de trabalhadores dos EUA é derrotar George W. Bush?, disse o presidente da agremiação, Gerald McEntee, em nota. ?Continuaremos a trabalhar juntos para unificar o Partido Democrata e fazer isso?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.