Líderes armados fizeram campanha para Preval antes de votação

Líderes de grupos armados do bairro de Cité Soleil mobilizaram a população dos subúrbios da capital Porto Príncipe para votar a favor de René Preval horas antes do início das eleições que foram realizadas hoje no Haiti.A EFE acompanhou uma reunião noturna feita em plena rua, convocada pelo "general Tutu" e o "comandante Ti Blanc", com o propósito de mobilizar os moradores de Cité Soleil para que comparecessem em massa aos centros de votação.Horas antes da eleição, o ambiente em Cité Soleil era festivo e aparentemente esperançoso para todos. Grupos de pessoas saíram às ruas com instrumentos musicais de todo tipo para cantar, dançar e expressar apoio incondicional ao candidato do partido Esperança, René Preval."Todos estamos ansiosos para votar", comentou "Ti Blanc" à EFE.Outro morador do bairro, que não quis se identificar, afirmou que "em Cité Soleil há muitas armas escondidas que não serão mostradas em caso de vitória de Preval". "Se os resultados forem fraudados e não derem a vitória ao nosso presidente, muitos policiais e soldados da Minustah (Missão da ONU para a estabilização do Haiti) vão morrer em Cité Soleil", acrescentou.Durante a reunião, "Ti Blanc" colocou um potente alto-falante na parte traseira de seu veículo, onde um reduzido grupo de pessoas, incluindo um jornalista da EFE, acompanhou o líder armado em percurso pelo bairro com a música em volume alto.O "comandante" se atreveu, inclusive, a sair de Cité Soleil para entrar em outros bairros para pedir votos para Preval.No entanto, o ambiente festivo ficou tenso quando a "caravana" chegou ao bairro de Cité Militaire, que destacava a presença de dois tanques da Minustah. "É preciso sair rápido daqui", disse "Ti Blanc", ao perceber a presença das tropas internacionais.De volta a Cité Soleil, zona segura para os grupos armados, o ambiente voltou a ficar eufórico, também pelas bebidas alcoólicas que os membros do grupo de "Ti Blanc" conseguiram pelo caminho.Cité Soleil não tem eletricidade, água potável e coleta de lixo, mas, a poucas horas das eleições de hoje, músicas puderam ser ouvidas em muitos cantos do bairro.Em um tipo de discoteca improvisada ao ar livre, vários líderes locais do partido Lavalas, fundado pelo presidente deposto Jean-Bertrand Aristide, e o próprio "Ti Blanc" tomaram o microfone e animaram os moradores de Cité Soleil a votarem em Preval."Se Preval não for presidente do Haiti, Cité Soleil vai se transformar num inferno muito pior do que já é", declarou um morador à EFE.A saída em massa dos habitantes de Cité Soleil para os centros de votação foi fixada para as 4h30 locais (7h30 de Brasília) e, a essa altura, já era possível ouvir os gritos a favor de Preval.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.