Líderes da oposição iraniana podem ser processados

Líderes da oposição iraniana enfrentam novas ameaças hoje. O procurador do Estado, Gholam Hossein Mohseni Ejehei, advertiu que eles podem ir a julgamento se não denunciarem os protestos contra o governo ocorridos nesta semana, os piores desde a reeleição do presidente Mahmoud Ahmadinejad em junho.

AE-AP, Agencia Estado

31 de dezembro de 2009 | 17h39

A advertência ocorreu um dia depois de multidões, que participaram de manifestações pró-governo, gritarem slogans pedindo a execução de líderes opositores e um grupo ter publicado na internet uma ameaça de que esquadrões suicidas estariam prontos para assassinar esses líderes se o judiciário não puni-los no prazo de uma semana.

Pelo segundo dia consecutivo, partidários do governo realizaram uma manifestação vestindo mortalhas funerárias para simbolizar sua vontade de morrer pela defesa das regras clericais. Várias centenas de pessoas compareceram a uma manifestação no sul de Teerã, do lado de fora dos escritórios do líder supremo aiatolá Ali Khamenei, segundo a rádio estatal.

O promotor do Estado disse que os líderes opositores podem ser acusados de apoiar pessoas que desafiam Deus ao protestarem contra o governo no último domingo. Ele disse que os líderes podem enfrentar acusações de "apoiar apóstatas", aqueles que são contrários da Deus. Seus comentários foram publicados num jornal de propriedade do governo.

A polícia publicou em seu site cerca de 100 fotografias de manifestantes envolvidos nos protestos de domingo e pede ao público que ajude a identificá-los e que os descrevam como suspeitos de "danificar propriedade pública e de insultar santidades".

Na noite de ontem, a agência oficial de notícias "Irna" informou que o líderes opositores Mir Hossein Mousavi e Mahdi Karroubi haviam deixado Teerã por causa das ameaças. Mas o filho de Karroubi, Taghi Karroubi, negou a informação e disse à agência de "Associated Press" que seu pais e Mousavi estão em suas casas em Teerã.

Tudo o que sabemos sobre:
Irãprotestosoposiçãoprocessos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.