Líderes da UE chegam à Noruega para Nobel da Paz

Líderes europeus que chegaram à Noruega para receber amanhã o prêmio Nobel da Paz de 2012 disseram que a União Europeia precisa de mais integração e autoridade para resolver seus problemas, incluindo a crise financeira.

AE-AP, Agência Estado

09 de dezembro de 2012 | 14h01

Reconhecendo que a União Europeia não teve poderes suficientes para impedir a Guerra da Bósnia na década de 1990, o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso, afirmou que esse é "um dos mais poderoso argumentos a favor de uma União Europeia mais forte".

Barroso está em Oslo, Noruega, junto com o presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, e o presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, para receber o prêmio deste ano, concedido à UE por promover a paz em um continente devastado por guerras. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
guerracrise financeiraUEprêmio Nobel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.