AP Photo/Ahn Young-joon
AP Photo/Ahn Young-joon

Líderes das duas Coreias se reunirão este mês

Os dois discutirão medidas práticas para a desnuclearização da Península Coreana

O Estado de S.Paulo

05 Setembro 2018 | 23h32

SEUL - O líder norte-coreano, Kim Jong-un, se reunirá novamente com o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, entre os dias 18 e 20 de setembro em Pyongyang para falar sobre desarmamento nuclear, anunciou nesta quinta-feira (local) o governo da Coreia do Sul.

Durante a terceira cúpula, os dois líderes discutirão sobre questão como "as medidas práticas" para desnuclearizar a Península Coreana, declarou Chung Eui-yong, conselheiro de Segurança Nacional do presidente sul-coreano. 

Chung viajou à Coreia do Norte nesta quarta-feira para se reunir com Kim e entregar uma carta de Moon.

Segundo a agência oficial norte-coreana KCNA, Kim reafirmou nesta quinta-feira seu compromisso com a eliminação das armas nucleares da Península Coreana, durante conversa com o funcionário sul-coreano. 

"O Norte e o Sul devem prosseguir com seus esforços para obter a 'desnuclearização' da Península Coreana", declarou Kim. "Nossa vontade é erradicar por completo o risco de um conflito armado e o horror da guerra na Península Coreana para transformá-la no berço da paz sem armas nucleares", acrescentou a KCNA.

No fim de agosto, o presidente americano, Donald Trump anunciou o adiamento da visita de seu chefe de diplomacia à Pyongyang por considerar que Kim Jong-un não estava comprometido com as promessas de desmantelamento de seu arsenal nuclear. O presidente também disse que o desgaste com a China devido à guerra comercial levou Pequim a deixar de pressionar a Coreia do Norte/ AFP

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.