Líderes de protestos na Tailândia se entregam à Polícia

Os líderes da plataforma opositora Aliança do Povo pela Democracia (PAD) se entregaram nesta sexta-feira, 10, à Polícia da Tailândia, pondo fim a meses de mobilização popular para derrubar o governo. Sete dirigentes do PAD liderados por seu fundador, Sonthi Limthongkul, se apresentaram em uma delegacia em Bangcoc, informou o advogado do partido, Suwat Apaipak.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.