Líderes do Hamas discutem política de segurança interna

Funcionários dos serviços secretos e policiais de Israel se reuniram com líderes do movimento extremista islâmico Hamas, vencedor das eleições legislativas palestinas de 25 de janeiro, para analisar assuntos de segurança, informou nesta terça-feira o Canal 2 da televisão israelense.A reunião, realizada na noite da última segunda-feira no quartel-general da polícia israelense em Jerusalém Oriental, teve a presença do importante dirigente do movimento islâmico nessa região, Mohammed Abu Tir, assim como outros parlamentares eleitos.Um porta-voz israelense disse que "se tratou de uma reunião sobre assuntos de segurança, e com o propósito de informar aos dirigentes do Hamas que a polícia de Israel espera que este grupo não realize nenhum ato ou prática ilegal em Jerusalém".Abu Tir disse que a reunião aconteceu a pedido da polícia israelense, e destacou que tinha se desenvolvido em um ambiente amigável, sem dar mais detalhes. As fontes disseram que nos próximos dias haverá reuniões semelhantes entre os líderes do Hamas em Jerusalém Oriental e altos comandantes da polícia israelense.Além disso, outras fontes israelenses informaram que agentes dos serviços secretos israelenses estão mantendo reuniões com parlamentares eleitos do Hamas detidos em prisões de Israel, como é o caso de Xeque Hassan Youssef, que nas eleições do dia 25 obteve uma cadeira pela cidade cisjordaniana de Ramallah.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.