Líderes do Mercosul rechaçam eleições em Honduras

Os presidentes dos países do Mercosul e da Venezuela rechaçaram hoje o recente processo eleitoral conduzido em Honduras, que teve como vitorioso o conservador Porfirio Lobo.

AE-AP, Agencia Estado

08 de dezembro de 2009 | 15h23

Os líderes de Argentina, Brasil, Paraguai, Uruguai e Venezuela manifestaram "a mais enérgica condenação ao golpe de Estado na República de Honduras e consideram inaceitáveis as graves violações aos direitos humanos e liberdades fundamentais do povo hondurenho", diz um dos documentos finais da cúpula de mandatários do Mercosul, realizada na capital uruguaia.

Tudo o que sabemos sobre:
HonduraseleiçõesMercosul

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.