Líderes do Zimbábue chegam a acordo, diz Tsvangirai

O líder oposicionista do Movimento pela Mudança Democrática, Morgan Tsvangirai, afirmou hoje que foi alcançado um acordo final para a divisão do poder no Zimbábue. As declarações ocorreram após um encontro entre Tsvangirai e o presidente Robert Mugabe. O presidente da África do Sul, Thabo Mbeki, confirmou o sucesso na negociação. "Nós temos um acordo", disse Tsvangirai, acrescentando que o presidente sul-africano, mediador na crise zimbabuana, "divulgará um comunicado".As negociações estavam emperradas, pois não havia consenso sobre como seria a divisão do poder executivo. Mugabe venceu um controverso segundo turno eleitoral em junho, quando Tsvangirai retirou sua candidatura por causa da violência contra seus partidários. Tsvangirai havia vencido o primeiro turno, porém, não com vantagem capaz de evitar uma nova votação.Enquanto o país sofre com a crise política, a economia continua em crise, com a maior inflação do mundo. Antes considerado o celeiro da África, o Zimbábue sofre desde a década passada com a inflação e faltas constantes de moedas estrangeiras e alimentos. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.