Líderes do Zimbábue se reúnem após divergências em coalizão

Primeiro-ministro havia deixado de apoiar presidente no último dia 16 após citar histórico de abusos do partido

Associated Press,

26 de outubro de 2009 | 16h52

O primeiro-ministro do Zimbábue, Morgan Tsvangirai, que deixou temporariamente a coalizão com o presidente Robert Mugabe, teve um encontro de quatro horas com o líder do país nesta segunda-feira, 26, segundo informações divulgadas por um aliado do premiê.

 

James Maridadi afirmou que Tsvangirai se reuniu com Mugabe pela primeira vez desde que o primeiro-ministro deixou a coalisão do governo, em 16 de outubro. O encontro teve o apoio do vice-primeiro-ministro Arthur Mutambara. Os líderes no fizeram comentários depois da reunião, mas Maidadi afirmou que Tsvangirai deve realizar um pronunciamento nesta terça-feira.

 

Tsvangirai havia deixado a coalizão citando um histórico de abusos aos direitos humanos que teriam sido cometidos pelo presidente seu partido. Robert Mugabe, de 85 anos, governa o país desde a independência da antiga colônia britânica, em 1980.

Tudo o que sabemos sobre:
ZimbábueÁfrica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.