Líderes latinos e europeus entram em acordo no Chile

Líderes de 60 nações reunidos na 1ª Cúpula da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac)- União Europeia(EU) entraram em um acordo sobre uma ampla agenda. As iniciativas incluem a redução de barreiras comerciais e riscos para investidores estrangeiros, a adoção de novos compromissos para mudança do clima, além de repensar a guerra da questão das drogas.

EQUIPE AE, Agência Estado

26 de janeiro de 2013 | 17h01

No evento, diplomatas latino-americanos disseram que a Venezuela pressionaram os europeus para alterar uma frase-chave sobre a proteção a investidores em um rascunho da declaração da cúpula.

Os europeus estão desmotivados por uma série de ações unilaterais de países de esquerda latino-americanos. A Espanha disse que a Argentina deve 10,5 bilhões de dólares ao Grupo Repsol por expropriar a empresa espanhola do controle acionário da companhia petrolífera YPF. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ChileCelac

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.