Líderes mundiais se comovem com tragédia

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, enviou ontem suas condolências ao povo e ao governo da Espanha pelo acidente aéreo no país. "Nesse momento terrível, manifestamos nossos sentimentos de solidariedade e irmandade com os parentes e amigos das vítimas", afirmou Chávez em comunicado. Além do venezuelano, outros líderes também enviaram mensagens de apoio ao povo espanhol - como Alemanha, Colômbia, Itália, México, Portugal e Rússia. O Conselho Superior de Esportes também anunciou que hoje a bandeira espanhola será hasteada a meio pau na vila olímpica em Pequim, em sinal de luto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.