AP Photo/Manu Fernandez
AP Photo/Manu Fernandez

Líderes se pronunciam sobre atentado terrorista em Barcelona

Casa Branca afirmou que Donald Trump está 'ciente' do ocorrido; chanceler do Uruguai lamentou e condenou o episódio

O Estado de S.Paulo

17 Agosto 2017 | 14h15

WASHINGTON - Líderes de alguns países já se pronunciam sobre o atentado terrorista registrado no centro de Barcelona nesta quinta-feira, 17.

O presidente dos EUA, Donald Trump, está "ciente" do episódio, segundo informou a Casa Branca. "O chefe de gabinete (da Casa Branca, John Kelly), está informado da situação e mantendo o presidente ciente" dos fatos, disse a jornalistas um funcionários do governo americano que pediu anonimato. 

A ministra das Relações Exteriores do Equador, María Fernanda Espinosa, lamentou e condenou o atropelamento. "Lamentamos e condenamos o ocorrido em Barcelona, estamos trabalhando com nossa embaixada para descartar vítimas equatorianas", escreveu ela em sua conta no Twitter.

O governo mexicano qualificou o episódio como um "ato inaceitável de violência". "O governo do México, por meio da secretaria das Relações Exteriores, manifesta seua mais enérgica condenação ao atentado no dia de hoje em Barcelona, Espanha", destacou a chancelaria em um comunicado. 

"O México reitera sua rejeição ao terrorismo em todas as suas formas e manifestações, e transmite suas mais sinceras condolências ao povo e às autoridades de Barcelona e Catalunha e ao governo da Espanha, assim como aos parentes das vítimas", diz a nota.

Reações no esporte

O clube de futebol espanhol Barcelona também se manifestou sobre o caso na rede social. "Com o coração apertado pelo ataque à nossa cidade. Toda a força e estima para as vítimas, seus parentes e cidadãos de Barcelona."

O time rival Real Madrid afirmou que espera que as vítimas se recuperem o quanto antes. "O Real Madrid F.C. mostra sua mais profunda consternação pelo atentado sofrido na cidade de Barcelona e se solidariza com as vítimas e seus parentes e amigos, ao mesmo tempo que deseja uma rápida recuperação das pessoas feridas."

O jogador de futebol do Real Madrid, Cristiano Ronaldo, se disse "consternado" com o atentado e enviou todo o seu apoio aos parentes e amigos das vítimas. "Consternado com as notícias que chegam de Barcelona. Todo meu apoio e solidariedade à família e aos amigos das vítimas", escreveu no Twitter. / EFE, REUTERS e ASSOCIATED PRESS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.