Liga Árabe monta delegação para pedir ajuda à Palestina

Ministros de Relações Exteriores de países árabes reunidos neste domingo no Cairo decidiram formar uma delegação que visitará as capitais árabes e pedirá ajuda para atenuar a crise financeira na Palestina, de acordo com a Liga Árabe.

AE, Agência Estado

13 de janeiro de 2013 | 15h21

A delegação será composta pelo primeiro-ministro palestino, Salam Fayyad, pelo secretário-geral da Liga Árabe, Nabil al-Arabi, e pelos ministros de Relações Exteriores do Iraque e do Líbano.

Os diplomatas visitarão os países árabes e pedirão que cumpram as promessas de conceder à Autoridade Palestina US$ 100 milhões mensalmente, conforme acordado durante a cúpula realizada em março do ano passado.

A Liga Árabe também solicitará que a comunidade internacional pressione Israel para liberar receitas fiscais. O governo da Cisjordânia está há meses mergulhado em uma crise financeira. Em dezembro, funcionários do governo palestino entraram em greve na Cisjordânia depois de não terem recebido os salários.

A crise se agravou com a decisão de Israel de suspender a transferência da receita obtida com tarifas e impostos como forma de punição, após os palestinos ganharem status de Estado Observador na Organização das Nações Unidas (ONU). As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
liga árabeajudaPalestina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.