AP
AP

Liga Árabe pede que presidente sírio renuncie

Em reunião de emergência no Catar, grupo pede que oposição forme governo de transição

BBC Brasil, BBC

23 de julho de 2012 | 05h36

DAMASCO - Os ministros das Relações Exteriores da Liga Árabe pediram ao presidente sírio, Bashar al-Assad, que renuncie rapidamente.

Veja também:

linkForças do governo e rebeldes se enfrentam em cidade síria

linkÊxodo vira alternativa à guerra na Síria

forum CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

O comunicado veio depois de uma reunião de emergência do grupo no Catar. Eles ofereceram ainda uma rota de saída segura do país para Assad e sua família. A Liga Árabe também pediu à oposição que forme um governo de transição.

Enquanto isso, o presidente sírio ordenou que suas tropas redobrem seus esforços na capital, Damasco, e na segunda maior cidade do país, Aleppo. Forças do governo recapturaram dois distritos (Barzeh e Mezzeh) em Damasco. Um porta-voz dos rebeldes disse mais cedo que eles tomaram controle de uma escola militar no norte de Aleppo.

BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.