Liga Árabe rejeita proposta dos EUA para Oriente Médio

A Liga Árabe rejeitou a presença contínua das tropas israelenses na fronteira leste de um futuro Estado da Palestina, uma proposta que, segundo os palestinos, foi lançada pelos EUA no início deste mês.

AE, Agência Estado

21 de dezembro de 2013 | 16h37

O chefe da Liga Árabe, Nabil Elaraby, afirmou que nenhum acordo de paz poderá funcionar com a presença israelense no Estado Palestino.

Autoridades palestinas afirmaram que o secretário dos EUA, John Kerry, propôs o controle de Israel sobre a futura fronteira da Palestina com a Jordânia por pelo 10 anos a fim de responder às preocupações de Israel sobre um influxo potencial de militantes e armas.

Assessores de líder palestino Mahmoud Abbas criticaram o plano. Um assessor sob condição de anonimato disse neste sábado que os palestinos estão tentando suavizar a

proposta a fim de encurtar o prazo para qualquer retirada israelense. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Liga ÁrabeEstado Palestino

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.