Liga Árabe suspende atividades de observação na Síria

A Liga Árabe suspendeu a sua missão de observação na Síria neste sábado, em razão da crescente violência no país, informou o subchefe do organismo, general Ahmed Ben Heli. Ele afirmou que centenas de observadores que ainda permanecem em território sírio interromperam suas atividades e permaneciam no hotel em Damasco, capital do país, aguardando novos avisos.

AE, Agência Estado

28 de janeiro de 2012 | 12h43

A missão de monitoramento da Liga Árabe está no país para verificar se o regime do presidente Bashar Assad estava se comprometendo com o plano de acabar com a violência e abrir o diálogo com a oposição.

Segundo grupos de oposição, cerca de 80 pessoas foram mortas no país nos últimos três dias. Neste sábado, o secretário-geral da Liga Árabe, Nabil el-Araby, e o primeiro-ministro do Catar, Hamad bin Jassim al-Thani, viajaram para Nova York para pedir o apoio das Organizações das Nações Unidas (ONU) a um plano para colocar um fim nos conflitos na Síria. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
SíriaLiga Árabe

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.