Liga Árabe vê CNT como 'representante legítimo da Líbia'

O Conselho Nacional da Transição (CNT), grupo rebelde de oposição a Muamar Kadafi, passará a representar a Líbia na Liga Árabe, afirmou nesta quinta-feira o secretário-geral da entidade, Nabil Al-Arabi. "Houve um acordo entre os países árabes na última reunião de ministros de Exterior em Doha segundo o qual é hora de a Líbia ter (de volta) sua cadeira na Liga Árabe e o CNT da Líbia é o único representante legítimo do Estado líbio na liga", declarou o secretário-geral.

Agência Estado

25 de agosto de 2011 | 20h11

Em 22 de fevereiro, a Liga Árabe suspendeu a Líbia das reuniões do grupo até que Trípoli atendesse às exigências dos manifestantes.

No sábado, o CNT participará de sua primeira reunião da Liga Árabe no Cairo, disse Al-Arabi a jornalistas. A expectativa é de que o encontro seja dedicado aos últimos acontecimentos na Líbia e na Síria.

"A partir de sábado a participação da Líbia não estará mais suspensa", disse Abdel Moneim al-Honi, representante do CNT no Cairo.

A Liga Árabe, entretanto, recusa-se a qualificar sua iniciativa como um "reconhecimento oficial" do CNT porque, segundo uma fonte na entidade, "a Liga não é um Estado para precisar reconhecer a Líbia". As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
LíbiaLiga ÁrabeCNT

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.