Liga Árabe veta presença da Líbia em reuniões do grupo

A Liga Árabe anunciou por meio de nota que vetou a participação da Líbia nas reuniões do grupo até que Tripoli atenda as reivindicações dos manifestantes contrários ao regime de Muamar Kadafi.

AE, Agência Estado

22 de fevereiro de 2011 | 16h44

A Liga decidiu "impedir o governo da Líbia de participar das reuniões do grupo e de todos os órgãos a ele afiliados até que as autoridades do país respondam às demandas, garantindo a segurança e a estabilidade de sua população", diz o comunicado.

Já a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, exigiu que o governo da Líbia pare de usar a violência contra os manifestantes e ameaçou adotar todas as medidas possíveis, incluindo sanções, se a situação atual continuar. Ela disse que o discurso feito mais cedo por Kadafi foi "assustador", visto que ele "declarou guerra à própria população". As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
LíbiaprotestosLiga Árabe

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.