Likud convoca primárias para disputar eleição em Israel

O Partido Likud, de Ariel Sharon, realizará no dia 28 asprimárias para a escolha de seu novo líder e candidato natural àchefia do governo nas eleições parlamentares israelenses,marcadas para 28 de janeiro. O ex-primeiro-ministro e atual chanceler Binyamin BibiNetanyahu anunciou hoje formalmente que disputará a liderança doLikud e criticou a política econômica do chefe de governo, ArielSharon, seu principal rival. "Pela primeira vez em 30 anos decampanhas eleitorais, nosso tema principal será a economia, enão a política", afirmou um conselheiro de Bibi, Gil Samsonov. Sharon é o atual dirigente do partido e as pesquisas deopinião indicam que o Likud ganhará as próximas eleições, já queos partidos de centro-esquerda perderam apoio popular com aintifada (levante palestino contra a ocupação israelense). Ovencedor das primárias do partido liderará sua lista decandidatos ao Parlamento e será o favorito para o ocupar o postode primeiro-ministro. A data da disputa interna foi fechada por representantes dosdois rivais e deve ser confirmada numa convenção partidária naterça-feira. Pesquisa entre afiliados do Likud, divulgada nasemana passada, dá a Sharon 48% dos votos e a Netanyahu, 38%.Exército sai de Jenin O Exército de Israel retirou hoje tanques e tropas do centroda cidade de Jenin, na Cisjordânia, depois de uma operação deduas semanas que culminou com um ataque no qual foi morto umlíder do grupo extremista Jihad Islâmica, Iyad Sawalha. Também hoje, dois palestinos morreram na explosão do carro emque trafegavam numa área rural em Israel, perto da fronteiranorte da Cisjordânia. Policiais israelenses suspeitaram doveículo e ordenaram ao motorista que parasse. Foi então que ocarro explodiu. Não está claro se houve um acidente ou se abomba foi detonada intencionalmente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.