Livni fecha acordo parcial com trabalhistas em Israel

A primeira-ministra designada de Israel e presidente do Partido Kadima (centro), Tzipi Livni, está próxima de um acordo com o Partido Trabalhista para formar uma coalizão de governo. No entanto, os dois partidos, após conversações, chegaram a um acordo parcial para formar uma coalizão, embora vários pontos ainda precisem ser negociados antes de um acordo final. As informações partiram de Lior Avnon, porta-voz do Partido Trabalhista. Livni disse que os líderes dos dois partidos tentarão chegar a um pacto em uma reunião amanhã.Segundo o acordo sob negociação, os trabalhistas serão o parceiro mais importante na coalizão liderada por Livni. Um pacto desta natureza tornaria mais fácil para Livni atrair os ultra-ortodoxos os Partido Shas para formar uma maioria no Parlamento. Se Livni fracassar em formar uma coalizão de governo nas próximas semanas, as eleições em Israel serão antecipadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.